Botox Para Respirador Bucal, Ronco e Apnéia


apneia - apneia do sono - disturbios do sono - apneia do sono sintomasRONCO

O ronco é causado pela vibração dos tecidos da garganta em função da turbulência do ar à medida que as vias aéreas se estreitam. A obesidade, a respiração bucal e o uso de cigarro e álcool agravam de modo significativo o ronco.


APNÉIA - "PARADA DA RESPIRAÇÃO"

Apnéia do sono é o distúrbio no qual o indivíduo sofre breves e repetidas interrupções da respiração (apnéias) enquanto dorme. As apnéias são causadas por obstruções transitórias da passagem do ar pela garganta de pelo menos 10 segundos de duração. Estima-se que cerca de 4% das mulheres e 9% dos homens adultos sofram de apnéia do sono, sendo que sua prevalência é maior entre os obesos e maiores de 35 anos.

QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DA APNÉIA DO SONO?

Cada vez que ocorre uma apnéia há uma diminuição rápida da oxigenação sanguínea. A fim de evitar a morte por asfixia, o organismo envia um “sinal” ao cérebro microdespertando-o por tempo suficiente para desobstruir a garganta.

Após cada microdespertar ocorre também uma descarga de hormônios do estresse, como adrenalina e outros que, aliada a queda da oxigenação sanguínea, pode desencadear arritmias cardíacas, infarto do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais (AVC) durante o sono.

Além disso, o sono torna-se fragmentado ocorrendo diminuição do sono PROFUNDO (recuperação do corpo) e do sono REM (Rapid Eye Movement - fase onde ocorrem os sonhos, a consolidação do aprendizado e da memória). Sendo assim, a apnéia é uma das causas mais comuns de fadiga, sonolência e dificuldades de aprendizado e memória, entre outros sintomas.


QUAIS OS SINTOMAS DA APNÉIA DO SONO? QUANDO SUSPEITAR DESSE DISTÚRBIO?botox para doenca do sono
O indivíduo com apnéia do sono raramente percebe que tem dificuldade para respirar durante o sono e por esse motivo, a doença geralmente passa despercebida ao longo de vários anos até o seu diagnóstico. Em muitos casos, a suspeita da doença ocorre por outras pessoas que observam os episódios de apnéia ou devido aos seguintes sintomas que podem ser observados:

  • Ronco alto e interrompido
  • Engasgos noturnos
  • Sono agitado e Despertares frequentes
  • Sonolência excessiva durante o dia
  • Levantar-se para urinar à noite
  • Pesadelos
  • Sono não reparador
  • Fadiga crônica
  • Dor de cabeça pela manhã
  • Irritabilidade
  • Apatia, Depressão
  • Dificuldade de concentração
  • Perda de memória
  • Impotência sexua


COMO DIAGNOSTICAR? POLISSONOGRAFIA

odontologia - polissonografia

O diagnóstico da apnéia do sono é feito através de um exame chamado polissonografia que é realizado à noite em um laboratório de sono sob a supervisão de técnico ou enfermeiro capacitado. 
O paciente deve dormir com sensores fixados no corpo que permitem o registro da passagem do ar pelo nariz/boca, oxigenação sanguínea, frequência cardíaca, movimentos do tórax, posição do corpo na cama, além de outros dados.
Em casos selecionados o exame pode ser realizado no próprio domicílio do paciente através de aparelhos portáteis.
polissonografia


QUAIS OS TRATAMENTOS DISPONÍVEIS PARA O RONCO E A APNÉIA?

apneiaCasos simples como ronco e apnéia leve, podem ter melhora significativa com medidas simples como: dormir de lado, perder peso, evitar uso de álcool ou tranquilizantes.
Além disso, existem três tipos de tratamentos não cirúrgicos dependendo da gravidade da doença, tais como APARELHOS INTRA-ORAIS, CPAP e BOTOX.
A função dos três é liberar vias aéreas bucais e nasais para melhorar a oxigenação e consequentemente a respiração, diminuindo o ronco e a apnéia.


cpap - tratamento do ronco e apneiaAPARELHOS INTRA-ORAIS:

Indicados para casos de ronco e apnéias mais leves,  os dispositivos orais, confeccionados por dentistas, avançam a mandíbula para a frente facilitando a passagem do ar durante o sono.  




aparelho intra oral

CPAP:

Indicado para os casos mais graves, o CPAP Continuous Positive Airway Pressure) consiste em um pequeno compressor de ar muito silencioso de alta tecnologia que se conecta a uma máscara ajustada ao nariz do paciente. Esse aparelho previne a obstrução da garganta durante o sono e estabelece o sono normal ao indivíduo.




apneiaTOXINA BOTULÍNICA – BOTOX:

Indicada para ambos os casos, isoladamente ou em associação ao aparelho intra-oral e ao CPAP. É aplicado em alguns músculos nasais para relaxar a musculatura e consequentemente facilitar a respiração do paciente, diminuindo o ronco e a apnéia. 
O BOTOX É MAIS CONSERVADOR E MENOS INCÔMODO PARA O PACIENTE.
A aplicação de botox para ronco e apnéia vem trazendo resultados maravilhosos.

Veja o depoimento de um de nossos pacientes.


Agende uma avaliação.

cta