Depoimentos de Pacientes

botox para sorriso gengivalBotox para Sorriso Gengival

Sempre fui considerada entre amigos e familiares a mais alegre e espontânea da turma. Porém, quando essa alegria era registrada numa foto, incomodava-me muito o sorriso.

Agora sei que meu incômodo tinha nome: sorriso gengival. Sempre li artigos e reportagens sobre as intervenções cirúrgicas para corrigir o problema, sem nunca criar coragem. Aliamos o belo trabalho estético e as orientações da Dra. Marília e optamos pelo uso do botox, que me devolveu a alegria de sorrir sem preocupação.

Aliás, acho que me foi devolvido o que nunca tive.

Obrigada pela paciência, carinho e atenção.

Silvana Rezende

Leia mais...

Cresce uso de toxina botulínica e preenchimento facial na Odontologia

Indicações vão desde tratamento do ‘apertamento’ e ranger dos dentes, passando pelo alívio de dores orofaciais, até o tratamento do sorriso alto

uso da toxina butolinica na odontologia

// Texto Mariana Pantano // APCD Jornal
Agosto de 2014 - Ano 49 - Edição 688

Popularizada nos últimos 20 anos pela Medicina Estética, a toxina botulínica é um complexo proteico purificado, obtido a partir de determinada bactéria que bloqueia a liberação da acetilcolina e faz com que os músculos não recebam estímulos para contrair. Quando aplicada nas linhas horizontais da testa, entre as sobrancelhas e ao redor dos olhos, seu efeito é bastante rejuvenescedor e tem duração de seis meses, em média. Mas a novidade é o uso odontológico, que vem ganhando cada vez mais adeptos na medida em que seus benefícios se tornam mais conhecidos.

Existem diversas indicações que levam o Cirurgião-Dentista a fazer uso da toxina botulínica no consultório. Desde o tratamento do ‘apertamento’ e ranger dos dentes, passando pelo alívio de dores orofaciais, até o tratamento do sorriso alto - são muitas as vantagens dessa opção terapêutica não invasiva, reversível, e que pode até mesmo evitar a realização de cirurgias em determinados casos.

Leia mais...

Como clarear os dentes?

como clarear os dentes - marilia cunhaComo clarear os dentes

O clareamento dental pode ser realizado no consultório ou em sua casa. As diferenças entre eles são o tipo de peróxido (alvejante), suas concentrações, o tempo de utilização,  a sensibilidade do paciente e o custo. Esses procedimentos clareadores modificam a cor natural dos dentes, deixando-os com tons de três a cinco vezes mais claros.

CLAREAMENTO DE CONSULTÓRIO

Para o clareamento de consultório (clareamento a laser), lábios e gengiva são protegidos por um afastador de lábios e por uma barreira de borracha que é moldada em torno de toda a gengiva, deixando apenas os dentes à mostra. Em seguida, é aplicado um gel à base de peróxido de hidrogênio, uma substância poderosa que elimina as manchas. O laser é então aplicado. Em apenas uma hora seus dentes ficam muito mais brancos.  

Porém com o passar do tempo e com nossa alimentação a base de corantes (café, chá, refrigerantes), nossos dentes perdem ligeiramente a cor e novas manchas reaparecem. Para quem deseja sempre ter dentes brancos, recomenda-se repetir a sessão de clareamento dental a laser no consultório, no prazo de um ano.

O valor é variável de acordo com o grau de escurecimento que determinará o número de sessões que você irá fazer. Cada sessão pode custar em torno de R$ 500 (quinhentos reais ) ou mais dependendo do profissional. 

Leia mais...

Aparelho Dentário

aparelho dentario - marilia cunhaExistem dois tipos de aparelho dentário – o aparelho fixo e o aparelho removível – mas ambos atuam da mesma forma. A idéia é produzir uma força sobre os dentes, pressionando-os a permanecer no lugar certo. Para isso, é usado um fio de aço tensionado. Enquanto o aparelho removível serve apenas para corrigir simples casos de arcadas inclinadas, o aparelho fixo é indicado para deformações mais graves. Tanto um quanto o outro têm de exercer a pressão necessária com absoluta precisão. 

O tratamento com aparelhos ortodônticos pode ser realizado em praticamente qualquer idade e para isso são usados aparelhos fixos ou removíveis, dependendo da indicação para cada caso. Os fixos são mais eficientes e indicados para corrigir problemas dentários mais complexos, pois funcionam 24 horas por dia, além de depender menos da colaboração do paciente. Já os móveis são usados para tratamentos em pacientes em fase de crescimento ou para tratamentos simples em jovens e adultos. “Possui a vantagem de poder ser removido para atividades sociais, para alimentação e para higiene bucal”.

Agende uma avaliação

cta